15 Novembro / Fundação Calouste Gulbenkian

09h30 - 11h00: Conferências plenárias

Auditório 2

MARIA HELENA NERY GARCEZ (Universidade de São Paulo)

Álvaro de Campos: futurista de ocasião mas não de coração

REGINA ZILBERMAN (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

Futurismo com Regionalismo – a poesia de Tyrteu Rocha Vianna

(Apres: Teresa Cerdeira)

 


11h00 - 11h30: Pausa para café 

 


11h30 - 12h30: SESSÃO FUTURISTA | COMUNICAÇÃO E PERFORMANCE

Auditório 2

Roberto Floreani (Lectio / Performance / Pintor Futurista)

Il Futurismo e le Avanguardie del XX° secolo.  Ricordare Boccioni

 



14h30 - 16h00: Conferências plenárias

Auditório 3

NUNO JÚDICE (Universidade Nova de Lisboa)

O Futurismo como ficção

FERNANDO CABRAL MARTINS (Universidade Nova de Lisboa)

O Futurismo sem Futurismo

(Apres: Annabela Rita)

 


16h00 - 16h15: Pausa para café 

 


16h15 - 17h15: Comunicações simultâneas

Auditório 3

Moderação: Fernando Cabral Martins

Aurora Conde Muñoz (Universidad Complutense de Madrid)

Materia en movimiento (Cine, fotografía y espacios en el Futurismo)

Ugo Serani (Università di Bari)

A herança de Cesário

Maria do Céu Estibeira (Universidade de Lisboa)

A presença do Modernismo e do Futurismo na biblioteca de Fernando Pessoa: uma questão de leitura

Sala 2

Moderação: Maria da Graça Gomes de Pina

Almudena Mejías Alonso (Universidad Complutense de Madrid)

Recepción y comienzos del Futurismo en Hispanoamérica

Maria Papadima (National and Kapodistrian University of Athens)

Marinetti e a Grécia

Maria Aparecida Fontes (Università di Verona)

As lições do Futurismo sobre sintaxe poética

 


17h15 - 18h45: Conferências plenárias

Auditório 3

PERFECTO CUADRADO FERNÁNDEZ (Universitat de les Illes Balears)

Futurismo(s) / Regeneracionismo(s)

ANTÓNIO DOS SANTOS PEREIRA (Universidade da Beira Interior)

Com Fernando Pessoa à deriva no mar do futuro, “errante, demorado e obscuro”

(Apres: Piero Ceccucci)

 




------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

EXPOSIÇÃO

A PARTIR DO SURREALISMO

— GALERIA MILLENNIUM —

Rua Augusta, 96

Lisboa

Entre 26 de setembro de 2017 e de 6 janeiro de 2018

Das 10h às 18h

 

“A PARTIR DO SURREALISMO

“Mostra coletiva de oito artistas da Coleção Millennium BCP

Visa divulgar esta importante Coleção e, simultaneamente, valorizar a arte portuguesa contemporânea.

 

Os artistas presentes – Cruzeiro Seixas, Mário Cesariny, António Dacosta, Carlos Calvet, Vespeira, Eduardo Luiz, Paula Rego e Graça Morais – têm em comum o gosto pela pintura figurativa contadora de histórias, sugeridas pelos títulos e pelo modo imaginoso como as formas (nem sempre identificáveis) usam a cor e a composição para perturbar o entendimento comum das coisas. Destes artistas, só alguns (Cruzeiro, Cesariny, Calvet, Dacosta) pertenceram aos movimentos surrealistas do meio do século XX mas todos pintam a realidade como se ela tivesse a natureza dos sonhos: confusa, disparatada, surpreendente.

https://ind.millenniumbcp.pt/pt/Institucional/fundacao/Pages/eventos.aspx

ORGANIZAÇÃO

EXPOSIÇÃO





PARCEIROS E APOIOS